terça-feira, 6 de novembro de 2018

MINICURSO DE DIREITO PENAL REFORÇA CONHECIMENTOS DAS PRÁTICAS FORENSES E TEMAS DE PROVAS DE CONCURSOS.

Alunos das turmas de Direito tiveram uma atividade extra sala de aula para fortalecer seus conhecimentos em importantes temas do Direito Penal, com um minicurso ministrado pelo Professor Me Thiago Chaves de Melo e os advogados convidados, Leonardo Henrique Santos Soares e João Rodrigo Malaman Mafra,  alunos egressos da instituição.
O evento abordou da Teoria da Sanção Penal e a Prescrição Penal até os Crimes contra a Pessoa. Com esta atividade a FUCAMP prepara seus graduandos para as principais práticas forenses e os capacita para as provas em concursos públicos.
#FUCAMP #minicursodedireitopenal #turmadeDireitoFucamp #mercadodetrabalho.

ALUNOS DE DIREITO ENTRAM NO TÚNEL DO TEMPO PARA VIVENCIAR A HISTÓRIA DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL.

Em tempos de “Operação Lava Jato”; questionamentos sobre direitos e deveres do cidadão; dúvidas quanto ao grau de confiabilidade das urnas eletrônicas; o retorno do embate direto entre direita e esquerda; e a dúvida quanto à segurança da democracia, relembrar e conhecer os bastidores, os fatos históricos e os mecanismos que resultaram na Constituição do Brasil de 1988, pode ser um bom começo para entender nossa história.
Isso foi o que fizeram os universitários do 2º, 4º e 6º períodos, do curso de Direito da FUCAMP, no dia 5 de outubro, data que comemora os 30 anos da promulgação da Constituição Federal.
Juntos, assistiram, no Anfiteatro da Universidade, ao documentário “A Constituição da Cidadania”, produzido pela TV Senado. O filme mostra o percurso, as discussões e os desafios para a elaboração da Carta Magna; quem foram os protagonistas e como se consolidou a redemocratização.
O documentário reúne os principais personagens, com depoimentos, cenas dos episódios e uma linha do tempo que permite, a quem não viveu a história, sentir e perceber a importância dos temas de cada capítulo que formaram a nova Constituição, principalmente os relativos à defesa dos direitos e garantias individuais e sociais.
Esta viagem no tempo finalizada com o debate das situações políticas atuais é uma experiência rica e transformadora que capacita aos futuros advogados consolidarem conhecimentos indispensáveis à qualificação profissional e atuação no mercado.

UNIVERSITÁRIOS DO CURSO DE DIREITO DA FUCAMP PARTICIPAM DE AUDIÊNCIA SIMULADA.

Os graduandos do 10° período do curso de Direito participaram de uma Audiência Simulada, umas das aulas mais apreciadas por familiarizá-los com as metodologias profissionais.
A dinâmica da audiência treina os alunos para os procedimentos oficiais de um julgamento preparando-os para as rotinas e exercícios da profissão de advogado. Aprender fazendo é qualificação FUCAMP.
#audienciasimulada #praticadeadvocacia #DireitoFucamp #NucleodePraticasJuridicas.

PROFESSOR DE DIREITO DA FUCAMP É NOMEADO DIRETOR DA ABRACRIM NO ALTO PARANAÍBA.

O professor do curso de Direito da FUCAMP, Thiago Chaves de Melo, foi nomeado Diretor da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas do Estado de Minas Gerais (ABRACRIM-MG) na Região do Alto Paranaíba.
A FUCAMP parabeniza o professor por este novo reconhecimento social, o que comprova, mais uma vez, a alta qualificação e competência de seu trabalho.
#fucamp #professoresqualificados #abracrim #congressodeadvogados.

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

ESTUDANTES DE DIREITO DA FUCAMP PARTICIPAM DE CONGRESSO DE ADVOGADOS CRIMINALISTAS.

Com a finalidade de capacitar seus alunos de forma integral e o mais próximo possível da realidade do mercado, a FUCAMP incentiva, apoia e propicia meios para os levar aos principais eventos de cada segmento de seus cursos.
No dia 21 de setembro, os universitários do Direito participaram do 2º Congresso de Advogados Criminalistas de Minas Gerais (ABRACRIM-MG), realizado em Uberlândia.
O encontro reuniu profissionais de todo o estado e alguns dos mais importantes palestrantes nacionais da área, que analisaram, debateram e esmiuçaram temas de grande repercussão e divergência de opiniões, altamente enriquecedores para quem atua na área.
As oito horas de evento, além de atualizar informações, expandir conhecimento e aumentar o networking dos alunos, fortalece seus currículos profissionais e os coloca em evidência no mercado de trabalho.

PALESTRA NA FUCAMP MOSTRA OS DESAFIOS PARA O TRANSPLANTE DE ÓRGÃO NO BRASIL.

Gabriel Massote, que venceu a leucemia após um transplante, esclareceu mitos, apresentou dados e promoveu uma visão humanista da doação.
“Com mais de 33 mil* crianças e adultos na fila de espera por um transplante de órgãos, só no Brasil, torna-se, imprescindível propagar informações e conscientizar a sociedade sobre todos os aspectos desta ação”, explicou o professor Guilherme Ghelli sobre o convite feito ao Dr. Gabriel Massote, advogado, especialista em doação de órgãos, que ministrou a palestra “Uma Nova Perspectiva Sobre o Transplante de Órgãos: Panorama Jurídico e Avaliação de Casos Concretos”, para uma plateia, inteiramente atenta, de alunos do Direito e da Psicologia, realizada no Anfiteatro da FUCAMP.
O advogado conheceu, na pele, toda a trajetória de quem depende da doação de um órgão para viver: os desafios jurídicos, a burocracia dos planos de saúde, o preconceito e a desinformação, todos os entraves para a realização dos transplantes.
“A falta de informação é um dos maiores obstáculos para o aumento de doadores e a diminuição da fila de espera. Com eventos desta natureza, a FUCAMP mostra o quanto está comprometida em disseminar conhecimento em benefício da sociedade. É uma formação que além do estudo acadêmico envolve a conscientização dos alunos sobre seu papel social e a responsabilidade que adquirem junto com a autoridade profissional do diploma”, ressalta.
Uma Doação de Vida
Com estas palestras, Gabriel Massote busca sensibilizar as pessoas através da informação. “Um profissional consciente pode influenciar muitas pessoas, torna-se um multiplicador. É preciso acabar com os mitos, despertar não apenas o cidadão, mas todo o contexto que interfere na realização do transplante: a comunidade médica, policiais e bombeiros, equipes de atendimento na saúde”, pontua.
Para o sucesso de um transplante é preciso todo um composto de vitórias: encontrar o doador compatível, o prazo certo entre a retirada do órgão no doador e o implante, a aceitação do órgão pelo corpo do receptor. Entre os órgãos mais comumente transplantados, o prazo máximo para a ação varia entre quatro e 48 horas conforme o tipo: coração, 4 horas; pulmão, 6 horas; fígado, 12 horas; pâncreas, 20 horas e rim, 48 horas. Um só doador pode salvar até oito vidas, mas a demora nos processos pode acabar com esperanças e sonhos!
*Dados do Ministério da Saúde http://portalms.saude.gov.br/saude-de-a-z/doacao-de-orgaos.


PROFESSOR DA FUCAMP É RECONHECIDO COM MEDALHA PRESIDENTE JUSCELINO KUBITSCHEK.

A FUCAMP parabeniza o coordenador do curso de Direito, professor Mestre Guilherme Ricardo, pelo prestígio recebido, na cidade de Diamantina/MG, na última quarta-feira, a Medalha Presidente Juscelino Kubitscheck.
Uma honrosa condecoração instituída para homenagear personalidades que se destacam por sua prestação de serviço de “excepcional relevância à coletividade” e que contribuem “para o crescimento das instituições políticas e governamentais”, conforme descrito no 1º artigo da Lei Estadual 11.902/1995.
A qualificação e o reconhecimento social dos nossos professores é a garantia de qualidade superior da educação na FUCAMP.
#professorfucamp #medalhapresidentejuscelinokubitscheck #guilhermericardo
#FUCAMPeducaçãodequalidadeaoseualcance.